quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Que venha a Bienal!


Marcela Benvegnu


Começou anteontem em Santos, a 5ª Bienal Sesc de Dança. O evento traz reflexões sobre as diferentes qualidades de memória que o corpo inscreve, como a memória da espécie, genética, de linguagem, artística e social. Sob o tema Memória que se Inscreve, a Bienal provoca o estranhamento do olhar que se depara com o movimento da dança em locais inusitados da cidade, e assim reconfigura o ambiente criando novos repertórios e possibilidades de ação.
Este ano o evento compreende 46 apresentações — entre espetáculos, performances e instalações coreográficas — de 43 grupos de dança contemporânea do Brasil e de sete países até domingo. Além das apresentações, o projeto contempla uma aprofundada discussão sobre a função da dança na sociedade por meio de debates, palestras, oficinas, lançamentos de livros, publicações e mostra de vídeos.
Ao todo são 14 horas diárias de atividades relacionadas com a dança com a presença de mais de 300 artistas, produtores, técnicos e especialistas no assunto.Às 13h e 17h, de hoje, no Sesc Santos — onde acontecem todas as apresentações — é possível assistir “Calle Obrapia # 4”, com a companhia francesa ExNihilo dirigida por Anne Le Batard e Jean-Antoine Bigot. Ainda hoje entre os convidados estão“Máquina de Desgastar Gente”, com o grupo de Luiz de Abreu (BA). Amanhã às 17h30 se apresenta, “Loin de Là”, com Ex-Nihilo (França). Às 19h30, é a vez de “Pra Weidt, o Velho”, com o Atelier de Bailarinos Santistas, com direção de Joana Lopes, seguida de “Manual de Instruções” às 21h30, com a Dani Lima Cia. de Dança (RJ).
No domingo em diversos horários é possível ver “Sozinha” e “L’Ecume du Temps”, com Dominique Dupuy e Françoise Dupuy (França). Entre os selecionados para a Bienal estão a Quik Companhia de Dança (MG); K. Cia. de Dança Contemporânea (CE); Focus Cia. de Dança (RJ); Cia. Suspensa (MG); Cia. Domínio Público (SP); Cia. Linhas Aéreas (SP); Neto Machado e Stéphany Mattano (PR); Alice Ripoli (RJ); Ricardo Marinelli (PR); Cia. Artesãos do Corpo (SP); Daphne Madeira (RJ); Thiago Costa (MG); Paula Águas (RJ); Ana Andréa arteContemporânea (RJ); Cia. Etra de Dança Contemporânea (CE); Cia. Daniela Rosa (SP); Núcleo de Criação do Dirceu (PI); Anti Status Cia. de Dança Ltda (DF) e outras.
Nas mesas redondas destaque para Memória que se Inscreve, Reinscreve?, amanhã, às 13h30, com Roberto Pereira, Christine Greiner, e Sigrid Nora. No domingo, no mesmo horário bate-papo com Dominique Dupuy, Joana Lopes e Rafael Madureira. Hoje, às 20h, será lançado “Corpo, Política e Discurso”, de Dani Lima e amanhã, às 20h, “Dança e Cultura Digital”, com Ivani Santana. Mais informações: sescsp.org.br.
(matéria publicada em 16 de novembro)

2 comentários:

Marcela Brasil disse...

Que surpresa!
Estava procurando o nome de uma cia de Bruxelas, vim parar no seu blog e p minha surpresa: uma foto do nosso espetáculo "Cidade em plano" da cia AntiStatusQuo de Brasília.
Eu sou uma dessas (a da parede), estaremos em São Paulo no Teatro de Dança nos dias 13 e 14/08 (esta semaninha) ás 20h.
Um abraço p vc e está convidada p nos assistir!

Marcela Brasil
bailarina AntiStatusQuo - DF

Marcela Brasil disse...

Que surpresa!!!

Estava procurando o nome de uma cia de Bruxelas, vim parar aqui no seu blog e qdo vi, uma foto do nosso espetáculo "Cidade em Plano" da cia AntiStatusQuo, de Brasília!
Estaremos com este espetáculo em São Paulo nos dias 13 e 14 de agosto (esta semana) no Teatro de Dança às 20h.
Está convidada!!!

Um abraço,

Marcela Brasil
bailarina AntiStatusQuo - DF