quinta-feira, 24 de junho de 2010

Tempo

Sabe quando o tempo aperta e você é sufocada por ele?
Quando o tempo provoca uma aceleração cardíaca... ou um aperto no peito?
Ou mesmo quando você, por mais que tente, corre contra ele sem sucesso?
É o tempo sem tempo.
Só me resta sair dele.
Só me resta dançar.
Seja com palavras. Gestos. Olhares.
Aí o tempo corre de mim. Aí eu respiro de novo.
E depois começa tudo outra vez.

2 comentários:

*May Lopes disse...

Muuuuuuuuuuutio bom!
Amei o blog e tudo que há nele!
kkkkkkkkk
bjãO

*May Lopes disse...

Muuuuuuuuuuutio bom!
Amei o blog e tudo que há nele!
kkkkkkkkk
bjãO