sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Júri escolhe 20 bailarinos para compor a Cedan

Marcela Benvegnu

A Cedan (Companhia Estável de Dança de Piracicaba) já tem seu primeiro elenco de bailarinos definido. O júri — que esteve em Piracicaba há duas semanas para as audições — aprovou entre os 35 bailarinos que fizeram os exames da primeira fase, 20 nomes. As aulas serão ministradas pela diretora artística da Cedan, Camilla Pupa, em local e data a serem definidos. Uma reunião será marcada na próxima semana com os integrantes aprovados para estabelecer horários e normas internas de funcionamento.
Segundo Camilla, o primeiro trabalho oficial da companhia será um neoclássico — método criado por George Balanchine (1904-1983) que é uma extensão modernista do trabalho de Marius Petipa (1818-1910) — assinado por Eduardo Bonnis. “É importante dizer que as pessoas que não foram aprovadas para este primeiro elenco não estão descartadas da companhia. Elas serão chamadas em um segundo momento para a audição de um novo trabalho”, fala a diretora. “Fiquei muito feliz com o resultado e temos um ótimo elenco para começar os trabalhos”, disse Camilla.
A banca de seleção da Cedan foi composta por Eduardo Bonnis, que atualmente trabalha com a São Paulo Companhia de Dança e é um dos maiores especialistas na obra de George Balanchine no Brasil; Maria Pia Finócchio, diretora do Sindicato dos Profissionais da Dança do Estado de São Paulo e jurada do Dança dos Famosos, no programa do Faustão; Ady Addor, a única brasileira a ser a primeira bailarina do American Ballet Theatre, e Oderagy Magnani, que foi bailarino do Balé do 4º Centenário e do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e está radicado em Piracicaba há três anos.
¤
NA COMPANHIA

Os alunos aprovados para a Cedan obtiveram nota superior a 6,5 nas avaliações. Os selecionados foram Ana Claúdia Magagnin, Bruna Dedini, Eleonora Stefani, Gabriela Cezarino, Leonardo Sandoval, Marcela Lacreta e Marcus Moretti, da Oficina da Dança (Piracicaba); Bruna Cristina Prado Rosa, do Estúdio de Dança Daniela Alonso (Limeira); Fernanda Ferreira e Luciano Henrique da Silva, do Clube de Campo de Piracicaba; Gisela Grolla Borges de Almeida e Natalia Delmondi (Corpo e Arte Ballet (Limeira); Mateus Lourenço e Monike Cristina de Souza, da Malosá Studio de Dança (São Paulo); Ricardo Moreira de Araújo, da Empório da Dança (Piracicaba); Rodrigo de Oliveira Machado, do Ballet Jussara Sansígolo (Piracicaba); Gabriela Trevisan, Ian Okamoto, Nina Queiroz e Pedro Henrique Sanches, da Escola de Dança Artes Paulista (São Paulo)

Nenhum comentário: