segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Sambateado outra vez


Marcela Benvegnu

A “Folha de S. Paulo” já anunciava na semana anterior ao desfile das escolas de samba do grupo especial: ‘Na Mocidade Alegre, um grupo de dança irá mostrar a fusão do samba com o sapateado”. Eles se referiam ao sambateado, que depois foi notícia em “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Folha de S. Paulo” e “O Diário de São Paulo”, além de aparições e matérias de TV.Quem não viu e aqueles que querem um novo “bis” do estilo, têm a chance de assistir novamente hoje, ao desfile das escolas de samba campeãs do Carnaval de São Paulo 2008.

Entre elas, a Mocidade Alegre, vice-campeã, com o enredo, “Bem-Vindo a São Paulo. Sabe Por Quê? Porque São Paulo é Tudo de Bom”, e que teve pela primeira vez na história do Carnaval paulista uma ala dedicada ao sapateado.Intitulada Ala Sapateia São Paulo, o trabalho assinado pela coreógrafa, musicista e sapateadora Christiane Matallo — que no ano passado já sambateou na avenida pela Mocidade — , retrata os próprios sapateadores, além de ser homônima ao evento que promove em São Paulo, para comemorar o Dia Internacional do Sapateado, que agora tem Lei no Brasil.

A ala conta com 21 sapateadores oriundos de São Paulo, Itatiba, São José dos Campos, Sorocaba, Piracicaba e Campinas. “É a união. A integração, o que eu sempre quis para o sapateado no Brasil”, fala a coreógrafa, criadora do “sambateado”. “O que fazemos na passarela é um diálogo com a bateria, sendo que o nosso instrumento está nos pés. É a união do samba com o sapateado”.

Christiane ministra aulas semanais de sambateado para a comunidade da Mocidade Alegre há um ano.O figurino dos sambateadores desenhado pelo carnavalesco Zikson Reis é todo azul royal; assim como o sapateado de sapateado confeccionado especialmente para o trabalho, pela Só Dança; com borracha especial para dias de chuva, trabalho de desenvolvimento acústico e material mais leve. “Tudo foi feito e pensado para que os bailarinos profissionais tivessem na passarela a mesma segurança e desenvoltura que têm no palco, afinal, são mais de 20 minutos direto de coreografia”, fala Christiane.

Hoje, a festa começa às 22h, com o desfile da Leandro de Itaquera, segunda colocada no Grupo de Acesso, que volta ao Grupo Especial em 2009. Em seguida, desfilam Unidos do Peruche, campeã do Grupo de Acesso, e as quatro primeiras colocadas do Grupo Especial na ordem inversa, Tom Maior, Rosas de Ouro, Unidos da Vila Maria, Mocidade Alegre e Vai-Vai. A transmissão é feita pela Rede Globo e Band.

Nenhum comentário: