segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

De todos os cheiros


Marcela Benvegnu

Se você não sabia qual espetáculo assistir no mês de janeiro, já tem uma boa opção: “Lavanda”, de Lu Brites, reestréia no dia 15 de janeiro, às 21h, no Espaço Parlapatões, em São Paulo. O solo da bailarina, atriz e coreógrafa apresenta quatro personagens femininas que têm seus estados emocionais associados à poética da água. O espetáculo foi contemplado pelo edital de apoio à pesquisa coreográfica da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo.

A principal característica de “Lavanda” é o diálogo entre elementos do teatro, dança e vídeo, todos reunidos com o intuito de conduzir o espectador por uma narrativa não linear, mas concreta. A encenação combina delicadeza e humor por meio de uma dramaturgia fragmentada, que usa ainda o recurso de vídeo-dança para multiplicar a intérprete em cena: o vídeo “Lobotomia de um Coração” revela o estado psicológico de uma das personagens — uma secretária bilíngüe — ao se sentir oprimida no escritório em que trabalha.

Já o curta “O Jato” apresenta uma cena surrealista na qual uma adolescente é surpreendida por um jato d’água ao passar pela rua. Sobre o título, a coreógrafa diz que “lavanda é uma água de cheiro bom, uma essência de oferenda e que as quatro mulheres que evoca querem atravessar a grande água, em diferentes fases de vida, com diferentes anseios e prestes a mergulhar em jornadas profundas.” Com duração de 45 minutos, o trabalho é uma crítica ao estado de ressecamento da própria alma e do planeta.

Para esta montagem, Lu conta com a parceria de Claudia Missura (“Domésticas”, “O Avarento” e “Paixões da Alma”).

CARREIRA — Lu é formada em dança contemporânea pelo Diplome D’etad de France — Paris, fez treinamento em teatro físico com o diretor inglês David Glass, em Londres. Iniciou sua carreira como bailarina na Cia. Deborah Colker, participando dos espetáculos “Vulcão”, “Velox” e “Mix”. Integrou a Intrépida Trupe de Circo-Teatro e a Cia. Dani Lima de Dança. Ainda na dança, foi uma das artistas brasileiras premiadas pelo Programa Internacional de Residência Chantier en Construction, em Paris.

No teatro, participou das peças “Bacantes” e “Sertões”, dirigidas por José Celso Martinez Corrêa; no cinema atuou em “Nome Próprio”, de Murilo Salles, “Canção de Baal”, de Helena Ignes, “Falsa Loura” e “Equilíbrio e Graça”, ambos de Carlos Reichenbach e outros. Como coreógrafa participou dos espetáculos “Ópera Eletrônica Guarany”, “Um Minuto de Silêncio”, dirigido por Vadim Nikitim e Cacá Machado, “Ritmos do Brasil”, com a Cia. Brasileira de Sapateado, e outros.

Atualmente, interpreta a cantora Linda Batista nas filmagens do longa metragem “Últimos Compassos”, de Dimas de Oliveira

PARA VER — “Lavanda”, com Lu Brites. Dia 15 de janeiro, às 21h, Espaço Parlapatões (praça Roosevelt, 158), em São Paulo. Até 5 de fevereiro, às terças e quartas. Ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (estudantes, idosos e classe artística). Mais informações (11) 3258-4449.

Um comentário:

Carla Estefam disse...

Olá Marcela, boa noite.Em primeiro parabenizo pela iniciativa do fomento a bons conteudos acerca da dança! são poucos! aqui é carla, produtora da cia bando cavallaria de Lu Brites! adoramos sua postagem. pediria a imensa gentileza,caso seja possivel de alterar a imagem de divulgação do projeto, pois tratase de uma imagem de ensaios de 2007. gostaria de enviar-te as imagens atuais.Gostaria tambémd e convidá-la para assistir o espetáculo na estréia caso possa, e se não assim que puder. deixo aqui o convite aberto, bastando apenas o envio de nomes para nosso email no dia desejado. estamos em cartaz a partir de amanhã, dia 15 até 06/02. um grande abraço
Carla Estefan
Direção de Produção
Bando Cavallaria

lavandasolo@gmail.com