sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

"Pedrinho Luz" estréia em SP


Marcela Benvegnu

Apesar de ser um projeto de dança piloto do programa Fábricas de Cultura, a montagem “Pedrinho Luz”, que será apresentada este mês em alguns CEUs e em fevereiro no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, vem rendendo bons frutos. Pelo menos no que diz respeito à consciência corporal e, sobretudo, à popularização e (in)formação sobre dança. Não importa se os 42 jovens do projeto, com idades entre 14 e 19 anos que vivem em áreas de risco, serão ou não bailarinos. O mais importante é ressaltar que pelo menos neste período, o corpo e a vida destes cidadãos foram continuamente transformados.

Com direção de Susana Yamauchi — que em 1997 coreografou o célebre “Plenilúnio” para o Balé da Cidade de São Paulo, companhia que completa 40 anos em 2008 —, “Pedrinho Luz” é uma adaptação de “Petrouchka”, balé de Michel Fokine (1880-1942), com música de Igor Stravinsky (1882-1971), que foi montado pela primeira vez em 13 de junho de 1911 pelo Ballet Russo de Diaghilev. “Pedrinho Luz” é ambientado no Carnaval, época em que se desenrola um triângulo amoroso entre Pedrinho, um marionete que ganha a vida por obra de um mago, e as bailarinas Rita e Átila.

PROJETO — O projeto conta com o auxílio do diretor de teatro Márcio Aurélio, da crítica de dança Inês Bogéa, do artista circense Marco Vettore e do percussionista e diretor musical Ari Colares, além de uma equipe de 12 profissionais em cada distrito onde as atividades são realizadas. Os participantes de “Pedrinho Luz” recebem ajuda de custo de R$ 50 por mês.

A secretaria investirá US$ 30 milhões no programa até 2010. Os recursos serão aplicados na construção de unidades nos bairros de Jaçanã, Jardim São Luís, Vila Brasilândia, Sapopemba, Capão Redondo, Vila Nova Cachoeirinha, Vila Curuçá, Cidade Tiradentes e Itaim Paulista. As instalações terão salas de ensaio, auditório, biblioteca e outras dependências nas quais os jovens poderão desenvolver suas atividades artísticas e culturais.

PARA VER — “Pedrinho Luz”, amanhã e domingo, no CEU Casa Blanca, no Jardim São Luís. Dias 19 e 20, no CEU Vila Curuçá, no Jardim Miragaia, e dias 26 e 27, no CEU Paz, no Jardim Paraná. Todas as apresentações nos CEUs acontecem às 16h. No Teatro Sérgio Cardoso (rua Barbosa, 153), dias 15, 16, 17, 22, 23 e 24 de fevereiro. Sextas e sábados às 20h e domingos, às 18h.

Crédito da imagem: Tuca Vieira

3 comentários:

Anônimo disse...

Meninas vcs sao fantasticas, parabens pelos blog e pelas blogagens.
BJS

Anônimo disse...

Hoje eu posso dizer que eu estou muito feliz de estar participando desse belo projeto.Além de estar mudando minha vida,esta me abrindo muitas portas ao caminho para o teatro.
O espetáculo "pedrinho" é fantástico,e mau vejo a hora de começar á entender melhor como vai ser o nosso processo ao caminho da nossa apresentação,pois participo do projeto na região da vila Curuça.
Assim como muitos de mim,todos veremos amanhã no CEU dia 20 o espetáculo montado pelo pessoal do CEU paz.
ass:Vinícius P.

Anônimo disse...

Olha eu participo desse espetáculo é mesmo uma alegria fazer parte dele!Realmente agreditamos q somos esse personagens por que esses personagens tem o pouquinho de cada um!!Eu me descobri, quando entro no palco parece que tudo se transforma, tudo é mágia!!E parece que os meus problemas vão embora!!!Bianca Mesquita, Pedrinho Luz

Revista de Dança

Queridos amigos e seguidores do Tudo É Dança, Escrevo hoje para dividir com vocês todos, que dançam comigo aqui durante todos esses anos, ...