segunda-feira, 1 de junho de 2009

5º Sapateia São Paulo vem aí!!

Foto: Reginaldo Azevedo
5ª edição do Sapateia São Paulo será nos dias 6 e 7 de junho

Marcela Benvegnu


Parece foi ontem que aconteceu em São Paulo a primeira edição do Sapateia São Paulo, um evento que reúne sapateadores de todo o Brasil para comemorar o Dia Internacional do Sapateado, dia 25 de maio, aniversário de Bill Bojangles Robinson (1878-1949), organizado pela sapateadora Christiane Matallo. A principal filosofia do evento, que nos próximos dias 6 e 7 de junho, chega a sua 5ª edição, é difundir, trocar e divulgar experiências sobre a arte do sapateado no Estado de São Paulo. Por meio da lei 14.347/07 aprovada em 2007 pelo vereador Adolfo Quintas, a atividade faz parte do calendário oficial do município, para uma maior organização e popularização desta arte no país.
Devido ao crescimento do número de participantes, bem como a qualidade dos trabalhos apresentados, o evento é recheado de atividades, como jam session, oficinas, desfile e espetáculo. A programação começa no dia 6, no período da manhã, no parque do Ibirapuera, com a Sapateandança e a Tap Mostra. Na Sapateandança, os presentes fazem um desfile pelo local ao ritmo da Escola de Samba Mocidade Alegre, e na sequência apresentam seus trabalhos coreográficos na Tap Mostra. Ainda no sábado, a Tap Jam, no Conservatório Souza Lima (rua José Maria Lisboa, 745), nos Jardins, marca o término das atividades do primeiro dia, às 18h. A entrada é gratuita.
Para participar da Tap Mostra é preciso inscrever o seu trabalho coreográfico gratuitamente via blog (sapateiasaopaulo.blogspot.com). Tanto na Tap Mostra, quanto na Sapateandança o ingresso é a camiseta do evento, que deve ser vestida por todos e adquirida diretamente na Só Dança (rua Augusta, 2672/ (11) 3064-7773). Os participantes também devem doar dois quilos de alimentos não perecível, que podem ser entregues e colocados em frente ao palco no dia da apresentação. Aqueles que forem se apresentar na Tap Mostra devem impreterivelmente integrar o desfile da Sapateandança.
¤
Christiane Matallo, organizadora e diretora do evento


AULAS PRÁTICAS — No domingo, dia 7, é hora de agitar as plaquinhas. A novidade desta edição fica por conta de três diferentes programas de aulas, um para alunos de nível básico; outro para alunos de nível intermediário/avançado; e o último que une os programas anteriores. No primeiro programa estão previstas as aulas de Fernanda Moreira, das 9h às 10h; de Luciana Polloni, das 10h15 às 11h15; e de Claudia Leoni, das 11h30 às 12h30. O segundo programa tem início às 14h, com a aula de Christiane Matallo, seguida de Luizz Baldijão, às 15h15, e de Kika Sampaio, às 16h30. O investimento o programa um e dois é de R$ 120, e aqueles que optarem pelo programa três pagam um total de R$ 200. Inscrições e informações pelo sapateiasaopaulo.blogspot.com.
¤
Bojangles, sempre eterno

BOJANGLES — A contribuição de Bojangles para o sapateado foi muito valiosa e específica: ele levou o estilo para a meia ponta, trazendo aos palcos uma leveza e clareza jamais vistas na tradição dos hooffers que dançavam com os pés inteiros no chão. Nasceu em Richmond, Virgínia, e em 1898 foi para Nova York. Aos 31 anos foi reconhecido e contratado pela produção do show “Blackbirds”, onde apresentava um número em que subia e descia uma escada sapateando. Mais tarde esse seria o marco de sua carreira. Com o sucesso de “Blackbirds”, tornou-se respeitado e passou a ser o primeiro negro a conquistar um papel na Broadway, em 1930, com o musical “Brown Buddies”. Ele também conquistou Hollywood (em 1932), onde liderou o primeiro casal inter-racial da história do cinema americano, contracenando com Shirley Temple, em “The Little Colonel”.

Nenhum comentário:

Revista de Dança

Queridos amigos e seguidores do Tudo É Dança, Escrevo hoje para dividir com vocês todos, que dançam comigo aqui durante todos esses anos, ...